Problema com voo?

Você reclama. A gente resolve. E você ganha até R$ 10 mil.

Verifique seus direitos em menos de 1 minuto.

Google 4,9/5 baseado em mais de 1.900 avaliações

A forma mais fácil de fazer justiça pelo seu problema com voo

null

Descubra seus direitos

Fácil. Rápido. Grátis.Como deve ser.

null

Envie o seu caso

Conte a sua história e envie as provas.
null

A gente resolve

Você é avisado acada avanço.
null

A justiça será feita

Receba uma indenização ou não pague nada.

O que nossos clientes dizem

Junte-se a mais de 15.000 consumidores empoderados.

depoimentos

Melhor índice de satisfação, confirmado em mais de 1.900 depoimentos reais no Google.

Quanto vou pagar?

Trabalhamos para o seu sucesso. Se não conseguirmos que sua indenização seja paga, não cobraremos nada. Sem pegadinhas.

Se ganhar, você paga 35% do valor recebido e você fica com 65%.

35%

Após a resolução do caso
  • Avaliação gratuita
  • Sem risco de perder dinheiro
  • Advogados parceiros especialistas
  • Solução mais bem avaliada do mercado
  • Sem burocracia
  • Sem custos extras

Por que escolher a Resolvvi?

Do jeito convenvional

  • Complicado
    Você precisa cuidar de tudo sozinho(a) e lidar diretamente com a empresa.
  • Muita dor de cabeça
    Quando algo dá errado, você não tem quem buscar para tirar suas dúvidas.
  • Não espere justiça
    Você pode ser abandonado pelo sistema e as chances de fazer justiça estão bem distantes.
  • Arriscado
    Se você finalmente conseguir ira pra Justiça, deverá ter despesas com advogados e custos da justiça comum, mesmo que ganhe ou perca a causa.
  • Zero transparência
    Você vai ficar muito tempo no escuro, sem saber o que está acontecendo com seu caso, pois a companhia aérea não vai dizer o que está acontecendo.

Com a Resolvvi

  • Praticidade e segurança
    Sabemos que seu tempo é valioso. Tudo será resolvido e você não precisa se preocupar com os detalhes.
  • Especialistas na área
    Advogados especializados em direito do consumidor vão resolver seu problema.
  • A justiça será feita
    Mais de 10 mil pessoas decidiram fazer justiça e já receberam sua indenização.
  • Sem riscos
    Você não precisa pagar para começar a fazer justiça, e só cobraremos nossa taxa de serviço se e quando você receber a sua indenização.
  • Justiça na palma da mão
    Você receberá atualizações sobre seu caso com frequência e nosso suporte está disponível para tirar dúvidas.

Principais dúvidas em casos de problema com voo

Em primeiro lugar, você tem direito à informação, isto é, saber o motivo do cancelamento, atraso ou negativa de embarque. Por exemplo, se foi desorganização da companhia aérea ou um problema climático. A informação deve ser formalizada por escrito, através de um documento emitido pela companhia aérea.

De acordo com a Resolução 400 da Anac, após ser informado do motivo do cancelamento, você deve receber a assistência material, que é determinada através do tempo de espera pelo próximo voo. Veja abaixo:

1. A partir de 1 hora de espera pelo próximo voo: a empresa aérea deve fornecer meios de comunicação para os passageiros, como internet e telefone;

2. A partir de 2 horas de espera pelo próximo voo: a companhia deve arcar com os custos de alimentação do passageiro;

3. A partir de 4 horas de espera pelo próximo voo: hospedagem/acomodação e traslado (transporte do aeroporto ao hotel ou semelhante). No entanto, vale lembrar que, se você estiver estiver em sua cidade de domicílio, a companhia deverá oferecer o transporte para a sua residência e desta para o aeroporto. Além disso, se for necessário o pernoite no aeroporto, o local de hospedagem deve se adequar à sua necessidade. Por fim, se seu voo tiver atraso de 4 horas ou mais, você tem direito de ser reacomodado em um voo de sua escolha. E, nesse caso, com data e horário que sejam convenientes. Ou, por outro lado, em voo de outra companhia aérea que tenha a mesma rota, na primeira oportunidade

De acordo com a ANAC, a empresa aérea pode fazer alterações no seu voo em até 72h antes da data e horário da viagem. Caso contrário, o passageiro deve exigir seus direitos imediatamente e buscar as opções disponíveis de reembolso e remarcação do voo.

Caso a companhia aérea não respeite as 72h de antecedência determinadas pela ANAC, o passageiro poderá exigir seus direitos e buscar uma indenização pelos danos morais causados. Principalmente se alteração no voo causar a perda de algum compromisso.

Caso o passageiro chegue ao seu destino final com 4h ou mais de atraso ou seu voo sofra alguma alteração com menos de 72h de antecedência, é possível exigir uma indenização pelos danos morais sofridos.

Para a justiça brasileira, caso sua mala fique perdida por mais de 3 dias, você pode exigir uma indenização pelos danos morais causados pelo erro da companhia aérea. Além disso, caso também sofra danos em sua bagagem, seu caso será mais forte!